« Home | Picolli Appuntamenti di viaggio » | Escreve! Sou árabe e o meu bilhet... » | Véspera de viagem, campaínha... ... » | Não sei, não... Em termos de au... » | A arte de bem escrever » | A. da minh'alma, » | Carissimo Reporter » | Meu querido A., Volta e m... » | obrigada pela visita, um beijo! » | Dia 3: Instala-se o sentimen... » 

13 agosto 2006 

que me perdoem ...
























Amizade.
À Tereza Matoso


...
De tantas viagens...
Encontros de sentimentos verdadeiros,
Vidas entrelaçadas, ricas harmonias!
Do porto deserto-solidão, desatraco.

Cantei paixões, vivi poesias,
Amei corações de lindas mulheres,
Verdadeiros, tensos mas verdadeiros,
Vivi-os todos, saboreei-os como devia.

Tantas paixões, tantos abraços,
Fortes emoções, lindas canções,
E me calho torto, faltando pedaços...
Faltava-me tu, oh! inerme companhia!

Busquei-te nas colinas verdejantes,
Na relva triste e perdida,
Ao longe fui, e perto estavas...
E em saber-te aqui, veio a alegria galopante.

Esperei... tanto, tanto, tanto...
Teu nome é Amizade!
Nunca dantes em ti esbarrei, de ti não sabia!
Mas sim, meu coração esperançoso procurou-te,
Ele, acreditou que um dia achar-te-ia!

E hoje chamo-te, e respondes-me por amizade,
Atenta, aqui esbarras, e prevês o meu sofrer, o meu pesar;
Estás agora contida na alegria do meu olhar,
No meu pensar, agora tornas-te minha companhia!
E na tua ternura encontro esteio, amparo, decoro,
Simpatia, solidariedade... cumplicidade.

Tatiano Maviton Soares ("O Poeta")

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

Não me é nada difícil lembrar como a Titas entrou na minha vida, recordo-me "dos porquês, dos comos e dos quandos". Recordo-me dos e-mails e dos comentários, de sorrir, de ficar surpreendida com a facilidade com que a Titas começara a permanecer na minha vida! Sim, porque a Titas entra-nos pelo coração adentro e já não nos apetece deixá-la fugir!
Já me ri perdidamente com ela e também já chorei no seu ombro. E são pessoas como a Titas, que tenho conhecido neste mundo aparentemente etéreo, que o tornam sólido.
Podia dizer aqui em vários parágrafos o quanto a Titas é importante para muita gente...
Mas quero mesmo é dizer o quanto TU e as tuas lutas, são importantes para mim!

que me desculpes, fiotinha ....

Titas

Poema que me encantou, porque realça o sentimento da amizade e a querida titas merece que nos entreguemos a um sentimento tão profundo e sagrado.

Tu minha doce amiga, ao longo deste tempo que nos conhecemos, sempre me deste em crescendo o teu carinho e me pergunto se serei merecedor do encanto de ser teu amigo.

Lindo post que me encantou.

Esta semana o Meu Tomás têm estado quase todos os dias nos fins de tarde, é apaixonante vivermos estes momentos únicos do nosso primeiro neto.

Bom domingo e que a semana te dê o que desejas; "A FELICIDADE".

Beijos

ZezinhoMota

Um poema lindo sobre uma das palavras mais belas "Amizade" que tu, tão desinteressadamente, distribuis.
Mesmo andando muito pouco pela net, sempre aqui volto, pois sei do teu grande abraço.
Bjinhos

Olá! Peço desculpa de ñ ter comentado antes mas estive de férias. Agradeço a tua visita e adorei o teu blog e a maneira como escreves. Vou levar o teu link posso? Virei mais vezes. Um bj

k te perdoemos o quê? A beleza k aqui nos ofertas? a solidariedade k esalhas?
A beleza deste texto e imagem?
Bjs. Luz e paz

que me perdoem, sdim, mas não resisti! Fiquei tão comovida com este poema....

Sei que vos têm faltado os 'miminhos' da madrugada... o meu pc fez pum literalmente!

Voltarei lá para o fim do mês.
Até lá, beijos mil!

Titas

oi :)

vai ao finúrias... o Mec está de volta!

bjs! elis :)

oi :)

vai ao finúrias... o Mec está de volta!

bjs! elis :)

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

Estás desculpada.LOL.
Serena e respeitosamente curvo-me perante tamanha ode à amizade pela Teresa e afasto-me em silêncio.
Paz

Olá amiga! Lindo poema à amizade. E cá estou eu cheia dela para te trazer um beijinho e votos de bom fim semana. Fica bem querida.

Vim agradecer a visita.
Também gostei muito do teu e da música.
Fiquei de ouvido nela. heheheh
Beijos.

"Crida" Titas, és demasiado generosa nos atributos k me "atribues".
Mas obrigada,de coração pela generosidade.
Bjocas doces.
Luz e paz em teu caminhar e ao teu redor.

Eu continuo a amar corações de lindas mulheres, e até, já, lindos corações de feias mulheres. Perdi a noção onde se encontra a perfeita beleza... Talvez seja nas palavras como estas que acabei de ler, esteja a verdadeira essência. Boa escolha Titas

Beijos (o cieiro passou)

que maravilha de música é esta?

Sim, provavelmente por isso e

Enviar um comentário