« Home | Resposta à carta de 20 do corrente... » | Para quem diz que só publico poucas vergonhas » | Olha, minha querida Cris, eu bem ... » | Somos nós Somos a vida escrita n... » | "Mamã, posso levar o teu carro hoje? 'Biga... » | Minha querida Raquel, Não sei como agradecer-... » | Raríssimas no Estádio da Luz a 12 de Fevereiro. . ... » 

23 fevereiro 2006 

Cantemos Zeca Afonso

Que amor não me engana
Com a sua brandura
Se da antiga chama
Mal vive a amargura

Duma mancha negra
Duma pedra fria
Que amor não se entrega
Na noite vazia?

E as vozes embarcam
Num silêncio aflito
Quanto mais se apartam
Mais se ouve o seu grito


Muito à flor das àguas
Noite marinheira
Vem devagarinho
Para a minha beira

Em novas coutadas
Junta de uma hera
Nascem flores vermelhas
Pela Primavera

Assim tu souberas
Irmã cotovia
Dizer-me se esperas
Pelo nascer do dia


Para ouvir na voz de Zeca Afonso


Associando-me à feliz iniciativa dos companheiros
do
Troll Urbano , cantemos todos o ZECA!

"se entregar na noite vazia" uma dor recorrente entre as mulheres principalmente...

"esperar o nascer do dia" outra coincidência entre as mulheres... sempre valentes e esperançosas.


lindo isso, madrinha. Tenho até medo de clicar no link para ouvir na voz do zeca afonso...

outro detalhe é esta bela música de fundo.. não estou entendendo a letra, mas a voz é bela...

Adoro-te

Rah

ps: feriado de carnaval. começa no sábado e vai até a quarta da próxima semana. Eu acho que já viajo amanhã, vou acampar. Sua afilhada likes adventure and nature a lot..

Cantar não canto, mas junto-me ao significado e a ti.
Fundamentalmente!

Looking for information and found it at this great site... » »

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! »

Enviar um comentário