« Home | - Fodache, caraio! axim não brinco. Fodacheeeeee! ... » | Parabéns! » | Fénix » | "PORQUE HÁ PESSOAS RARAS COM NECESSIDADES RARAS" » | Salazar - O grande português? » | Alto! Não faças movimentos bruscos. Isto é um assa... » | Porque o dia da poesia é todos dias » | Aviso para mulheres que costumam almoçar sozinhas » | Vezes a fio passava por Zaragoza. Ela lá, eu na au... » | Para ti, Mulher » 

19 abril 2007 

TMara* , minha irmã d'alma e bem querer,

Faz hoje dois anos que foi eleito o Ratzinger e eu tinha prometido contar-te a razão por que um certo azedume meu face à escolha deste Papa é toda culpa do Giacomo.

Mas antes de te explicar o porquê, devo ir um pouco atrás, tentando evitar (como é meu hábito) começar a história desde o momento em que nasci.

Pois bem, na minha primeira viagem a Itália, há 10 anos, estava um pouco apreensiva, nervosa, até. Como me iria receber a nova famiglia? A outra metade de nós descansou-me.
« A batalha, já a venceste! Nós, italianos temos um fascínio quase de culto por quem tem uma laurea e fala línguas. Tu tens duas lauree e um bach, falas 4 línguas, serás o orgoglio della famiglia.

Ainda que o argumento não faça o meu género, va bene, guerra é guerra, e para facilitar, arredondemos a coisa para 3 lauree e 6 línguas (metemos o fraquito espanhol e o esquecido latim, contudo equiparáveis, e quiçá melhores do que o inglês técnico do 'primeiro').

E assim conheci a famiglia. Apresentações. E o Giulio como está? E o Gianfranco? Pina casou-se? Enfim, tudo estava nos conformes, até ao famigerado: E o Giacomo? Neste ponto operou-se a grande transformação e irrompeu a reverência, a idolatria, o orgulho, o respeito. O nome de Giacomo era pronunciado com pompa e circunstância, como se de um todo-poderoso se tratasse. Giacomo era franciscano, Fra Bonifacio, para melhor precisar, tinha 5 licenciaturas, 3 doutoramentos (não contando com o honoris causa) e falava 11-onze-11 línguas. Era um dos melhores estudiosos e intérpretes de canto gregoriano.. E foi esta a gota que me reduziu a um estado abaixo de sub-nitrato de pó de merda. 'Tadinha de mim, que nem sequer um mestradozito tinha, quanto mais um doutoramento! E não sendo embora uma santa, nem sequer engenho tivera para um doutoramento dis-honoris causa, e muito menos esperteza para uma pós-graduaçãozita na Uni. E quanto a canto, Amiga, nem te conto nem te digo).

Engolindo o meu quase-quase despeito, desabafei baixinho: "va bé, é um homem muito culto, com um curriculum assinalável, mas não é Deus!". "MAS SERÁ PAPA".

« SERÁ PAPA ? » « Sim, é um dado adquirido que será ele o próximo Papa: pelo curriculum, pela posição que já ocupa na Igreja, por ser italiano, pela idade. De facto, todo o seu percurso está a ser dirigido nesse sentido".

Minha TMara**, tu imagina-me! Cresci um metro. Eu seria um dia a prima do Papa!

Nunca te falei desta expectativa, mas imaginava o dia em que pudesse clamar aos sete ventos, assim como quem não quer a coisa: O Papa Bonifacio, o meu primo Giacomo..

E pensava no nosso círculo de amigos, conhecidos e desconhecidos, aqui, na net: "A Titas, a prima do Papa.."

E imaginava o dia da fumata bianca. Que emoção! Na realidade, para te ser franca, minha querida, eu já me via meio escondida atrás da janela das instalações papais, a assistir, de cima, à primeira missa papal. Ou então sentada próxima dos mais importantes chefes de estado. Eu, a prima portuguesa do Papa, a ser filmada por todas as televisões. Na volta, no regresso a Portugal até seria condecorada pelo Sampaio...

Pois, TMara*** minha, amor da minh'alma, tudo ruiu como um castelo de cartas. O stronzo do Giacomo, há dois anos e meio, apaixonou-se por uma chinesa 39 anos mais nova que ele. Casou, dá aulas na Universidade de Milano. E a mim, pobre coitada, resta-me dizer:

Fra Bonifacio, Requiscat in Pace!
Giacomo, "Quid Deus od Viagram te donem vigoris necessarius per recuperaribus tempus perdidus"!

E por hoje é tudo, minha TMara* . Recebe um beijo carinhoso da tua irmã (que nasceu para não ter sorte na vida),
Titas

Parabéns, mana!!!!!

Desejo-te um dia muito risonho e feliz na companhia dos teus amores.

Uma beijoca muito, muito repenicada!

(Saudades dos nossos velhos tempos mas é a vida...)

iria com todo gosto mas não posso.
Depois explico-te porquê, ok. tens msg?
Obrigada por tudo

olha. TUÃO EXISTES.
Venho eu, sem ser a caminho do liceu, mas já fui espreitar a Afrodite, a ver se não te tinha aprontado nenhuma (e por lá não é Liceu. Só pós-graduações.... Não lhe disse como estav a ser inda pq o anti-vírus bloquava e tornav a abloquear até k desisit. Desdek me sentei aqui só para ler o correio k estou em guerra com este bicho k não fazi anda, enfim, adiante. Queria parbenizar a Afrodite PORQUE estav aportar-se bem. Não consegui, por ora...)
Chego aqui e vejo o meu nickname k remeter para outro blog (e bem k remete) MAS, bem ou não, roubarem-me o nickname????
Ná!!!!!!!!!!
Podem roubar outra coisa k eu deixo.
O nickname é sagrado e profano em simultâneo é meu.

Mas logo k o blog abriu, um susto: o meu nickname em destaque qnd hoje todo o destaque tem obrigatoriamnete k ser só e só tue?
Oh menina, apanhou sol demais? Hoje é raínha, imperadora,faraó, deusa e por aí fora....
O dia é só e só seu. A menina merece. Goza-o bem minha auerida, mas trata lá de corrigir ou o nome a quem dedicaste o post ou as hipertligações. Pois quem publica o 1º livro de poesia não sou eu....

Outro dia foi numa ABTOLOGIA colectiva k, parece te passou de lado por as msg virem muitas vezes devolvidas -cx cheia!

Mas isso não interessa. Espero k o cartão k enviei, com muito amor, tenha chegado.
E tu não ouves mas estou mesmo aqui a cantar:

"PARABÉNS A VOCÊ......mUitas felicidades, muitos anos de vida."
clap, clap, clap........................
Chi-coração apertadiiiiiinhhhooooooho :)

P.S - e como o dia hoje é glorioso pq há uns anos atrás nasceu uma alma linda, nem a triste história, quase -papal do primo Giacomo o turva. ~LOL****
Bjocas e + bjocas

Esta história já a conhecia e é deveras curiosa, mas penso qual será a sensação de ser familiar de um Papa, quando no meu caso particular nem pratico nenhuma religião!
Bjs e um dia muito feliz.
TD

Sinto que hoje novamente embarco
Para as grandes aventuras,
Passam no ar palavras obscuras
E o meu desejo canta - por isso marco
Nos meus sentidos a imagem desta hora.

Sonoro e profundo
Aquele mundo
Que eu sonhara e perdera
Espera
O peso dos meus gestos.
E dormem mil gestos nos meus dedos.
Desligadas dos círculos funestos
Das mentiras alheias,
Finalmente solitárias,
As minhas mãos estão cheias
De expectativa e de segredos
Como os negros arvoredos
Que baloiçam na noite murmurando.

Ao longe por mim oiço chamando
A voz das coisas que eu sei amar.
E de novo caminho para o mar.

Embrulhadinho com fita e tudo, com o desejo de que hoje seja a primeira de muitas e muitas caminhadas para o mar.

Beijinhos tribais

Também como queres tomar café comigo se nem sei quem és? como te contactar, etc

Olá,
Desculpe a minha ausência, mas o que importa é, que estou de volta.
Ofereço-lhe este poema da minha autoria...

Sorriso


Não me lembro de ter nascido,
Não me lembro de ter vivido,
Não me lembro, jamais de alguma coisa
Se não somente, de ter sofrido!
Mas que importa isso agora?
Se sou feliz por ora.
Tenho amigos por todo lado
Os quais eu tanto amo
Os quais eu muito respeito
Sou feliz, por fazer sorrir alguém
Que sofre tanto ou mais do que eu.


Conceição Bernardino

Beijinhos e uma boa semana...
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Amiga, sinto-me envergonhado...........
Por não saber, ou por não me lembrar, ou por.........

PARABÉNS PELO TEU ANIVERSÁRIO E FELICIDADES PARA SEMPRE.

Atrasadinho sou
mas mesmo assim
o meu coração de amigo
é teu e será sem fim.

Um beijo de enorme ternura.

ZezinhoMota

Eu como de costume chego sempre atrasada. Mas estou um pouco ausente destas lides, resolvi fazer uma paragem e só venho ao pc mesmo para ler os email's.
Mas venho a tempo de te dar um GRANDE ABRAÇO de PARABÉNS pelo dia de Ontem.
Que tenhas tido um Feliz Aniversário.

Beijinhos e tudo de bom ;)

As minhas sinceras e sentidas desculpas por temporariamente me ter escapado da memória este dia tão importante.
Bastante ausente me encontro, quando os filhos, parte de nós e encanto, nos solicitam (não queria aqui mencionar "exigem") empreitadas.
Não esqueci o dia especial de mais um ano que desejo em plenitude vivido, apenas atrasei o tempo.
Daqui ergo a minha taça e te brindo por mais um ano iniciado.
Um bjinho grande e o carinho de um longo abraço

Já te deste conta?

Por muito que nos digamos fica sempre um mundo por dizer. Sabermo-nos é poder esquecer um dia, seja ele, o teu, seja ele, o meu. Mas que nunca nos esquecemos uma da outra, dia algum, é certo! É que já é há muito que fazemos parte da fonte inesgotável de mundos que ainda temos para contar…



Ter-te é saber que o fio que nos une não se rompe.
Encordoamo-lo enquanto tecemos o prazer de falar,
Rindo muito, deixando cair uma lágrima, às vezes, compondo a história dos nossos
Encantos. Partilhar a felicidade de ter uma irmã doce, dizer como a adoro,
Saborear o gosto dum mimo, dum beijo carinhoso na ponta do teu nariz…
Ah meu Amor, eu queria ter-te dado um presente, mas como, se o único que tenho és tu?…


E tu és tão minha!!
Parabéns, minha Querida!

Ora venho atrazada porque demorou um pouco a chegar aqui de tal forma vinha carregada de beijos abraços para ti minha doce e querida amiga. Fico aqui ao pé da doce Cris. Beijinhos Titas linda

Enviar um comentário